Passar para o Conteúdo Principal

Sines recebe 2021 com artistas locais em espetáculo online

980x512px  1  1 980 2500
31 de Dezembro de 2020
Rever o espetáculo


O Município de Sines despede-se de 2020 e dá as boas-vindas a 2021 com o espetáculo "online" de passagem de ano "Que afastados estejamos mais juntos", composto por atuações de artistas da região.

O espetáculo, gravado sem público no auditório do Centro de Artes de Sines, será transmitido a partir das 21h30 de 31 de dezembro nos meios digitais do Município de Sines (www.sines.pt, www.fb.com/municipiodesines e www.youtube.com/cmsines) e nas plataformas da Rádio Sines.

Participam 13 artistas e agrupamentos musicais de várias gerações, representantes de estilos de vão desde o fado ao rock, passando pela música tradicional, pelo canto coral, pelos sons do Brasil e pela música de dança. 

O critério da escolha dos artistas foi a sua ligação a Sines e ao Alentejo Litoral.

Integram o alinhamento o Coral Atlântico Juvenil e o Coral Atlântico adulto (dirigidos pelo maestro Fernando Malão), Armando Casal, Joana Luz, Acordeão Fadista, Jorge Ganhão, O Bloco do Pintassilgo, Tanto Mar, Falando Cavaco, André Baptista, Sátira, Skalabá Tuka e Intrujas.

A direção artística do espetáculo é do maestro João Rocha.

Além das atuações dos artistas, a gala inclui testemunhos de membros da comunidade local.  

O presidente da Câmara Municipal de Sines, Nuno Mascarenhas, explica que o Município de Sines pretende com esta iniciativa "dar o mote para um ano de 2021 que possa ser de retoma não só para o setor da música, mas de todos os aspetos da nossa vida coletiva que a pandemia afetou."

"O ano de 2020 foi de extremas dificuldades para quem trabalha na cultura e nas artes do espetáculo em particular. Queremos com esta gala apoiar e valorizar o trabalho dos nossos artistas e oferecer a quem nos acompanhar um programa alternativo de fim de ano, tendo em conta as restrições impostas às celebrações físicas."

A gala de fim de ano é uma organização da Câmara Municipal de Sines, com produção da ApreciArte e apoio da Rádio Sines.