Passar para o Conteúdo Principal

OUTside(CAS) // 13-19 de julho // João Galrão e Pedro Barateiro

3 semana 980 x512 1 980 2500
13 de Julho de 2020

O Centro de Artes de Sines, através do Serviço Educativo e Cultural, promove o OUTside(CAS), projeto de mediação da exposição “Público/Privado - Doce Calma ou Violência Doméstica?”, patente até 18 de outubro de 2020.

3.ª Semana: 13 a 19 de julho

NÚCLEO DA EXPOSIÇÃO
ALA 1 - Conceitos de ‘não-presença’, ‘isolamento’ ou ‘anonimato’, e ‘impossibilidade de acesso’.

Se por um lado percebemos o limite que é imposto pela arquitetura – como na cadeira colocada contra a parede, por outro somos confrontados com a impossibilidade de acesso a qualquer das cadeiras que encontrámos neste núcleo de obras. Além desta inacessibilidade física, facilmente sentimos o vazio deixado por uma presença-ausente ou uma ausência-relacional, que faz com que o sujeito se torne cada vez mais anónimo no seu isolamento.

ARTISTA DA SEMANA (1): JOÃO GALRÃO

Nasceu em Sintra, em 1975. Vive e trabalha em Sintra e Porto. Estudou na Ar.Co, em Lisboa, de 1996 a 2001, onde concluiu o Curso Avançado de Artes Plásticas em 2001.

Expôs individualmente na The Chemistry Gallery, Praga (2008), na Vera Cortês Agência de Arte, Lisboa (2005), na Casa Triângulo, São Paulo (2005), nas Galerias Graça Brandão, Porto (2003) e na Hammer Sidi, Londres (2003).

Desde 1996, tem participado em várias exposições coletivas, entre as quais no 48ème Salon de Montrouge (Salão Europeu de Jovens Criadores) Montrouge, Barcelona e Amarante (2003); V Convocatória de Jóvenes Artistas, Galeria Luís Adelentado, Valência (2003); O Quarto do Coleccionador, Galeria Canvas, Porto (2002); Exposição dos Alunos do Ar.Co (1999, 2000 e 2001).

O seu trabalho está representado nas colecções do CAM, Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, da Fundação PLMJ, Lisboa, Museu de Arte Contemporânea de Elvas e Colecção Bergé, Espanha.

Curiosidade: http://www.projectomap.com/uploads/1532362292_JoaoGalraoPT.pdf

ARTISTA DA SEMANA (2): PEDRO BARATEIRO

Nasceu em Almada, em 1979. Vive e trabalha em Lisboa. Barateiro trabalha com uma variedade de técnicas que vão do desenho à escultura, passando pelo filme, performance e escrita. O seu trabalho tem-se centrado na tentativa de desconstruir as narrativas binárias do pensamento e cultura ocidentais, uma aproximação do artista ao espectador. Está presente em diversas colecções privadas e públicas, tais como Deusche Bank Collection, Fundação EDP, Museu de Serralves, Fundación ARCO,Fundación “la Caixa”e Fundação Calouste Gulbenkian entre muitas outras.

Curiosidade: http://www.projectomap.com/uploads/PedroBarateiro_100_perguntas_PT.pdf

OBRAS DA SEMANA
Obra 1

Obra de João Galrão

João Galrão
Anonimato, 2003
Madeira e fibra de vidro
Cortesia: Coleção António Cachola

Um diálogo oculto entre duas cadeiras que se fundem de tal forma que esta escultura ganha características arquitetónicas (através do seu volume). Uma peça estática, coberta, como que envolta por uma pele, que devido às suas ondulações nos transmite movimento, presença e que cresce / dialoga com os próprio espaço expositivo.

Obra 2

Obra de Pedro Barateiro

Pedro Barateiro
Summa cavea, 2010
Viroc, madeira, duas cadeiras e tinta acrílica
Cortesia: Coleção António Cachola

Remete-nos para as artes de palco, mais propriamente para o teatro. O título da peça refere-se à estruturação do Teatro Romano. Summa cavea tratava-se da secção mais elevada reservada a mulheres e crianças. Estamos assim perante um palco, temos cadeiras e poderíamos perfeitamente ser os espectadores… porém, existe uma barreira que não permite que ninguém usufrua deste espetáculo.

DESAFIO DA SEMANA

Ocultação, anonimato e inacessibilidade são as palavras de ordem que emanam destas duas peças. O desafio desta semana passa pela criação de uma narrativa, um diálogo entre objetos ocultos. A ocultação dos objetos poderá ser feita com os mais variados materiais, à sua escolha. Efetue o registo fotográfico ou vídeo. Partilhe connosco. Pretendemos criar uma nova cadeia de desafios: o que se esconde aqui? Nós damos início a este desafio...

Exemplo de trabalho

Exemplo 1

PARTILHE OS SEUS TRABALHOS

Registe e partilhe os seus trabalhos connosco, através do seguinte endereço eletrónico: servicoeducativoCAS@mun-sines.pt.