Passar para o Conteúdo Principal

Arte Contemporânea em CAS(A) - 5.ª semana

Casa5 980x512px 1 980 2500
11 de Maio de 2020

Num momento em que os equipamentos culturais estão fechados e somos obrigados a ficar em casa, é importante manter a ligação ao mundo das artes. Com este objetivo, o Centro de Artes de Sines promove a iniciativa “Arte Contemporânea em CAS(A)”, onde, tendo como referência uma obra de um/a artista contemporâneo/a, se desafia o público a criar a sua própria obra de arte a partir de um objeto do quotidiano de casa.

Na 5.ª semana do projeto, inspiramo-nos numa obra do artista Júlio Pomar, para um desafio que alia música e desenho.

1 Semana  

11 a 17 de maio 

1 Artista 

Júlio Pomar

1 Obra 

 Desenho de Júlio Pomar

Júlio Pomar, 4 Arlequins, Um ano de desenho: 4 Poetas no Metropolitano de Lisboa
Papel vegetal
Marcador
Fundação Calouste Gulbenkian / Centro de Arte Moderna, 1984

1 Curiosidade  

Júlio Pomar (1916-2018) artista plástico / pintor português. Pertence à 3.ª geração de pintores modernistas portugueses, sendo autor de uma obra multifacetada, centrada na pintura, desenho, cerâmica e gravura, com importantes desenvolvimentos nos domínios da tridimensão (escultura, assemblage) ou da escrita.

A obra selecionada integra o conjunto de desenhos preparatórios que Júlio Pomar realizou para a sua intervenção na estação de metro do Alto dos Moinhos, em Lisboa. Optando pelo azulejo para revestir este espaço público, escolheu para tema quatro poetas que no seu entender se relacionam com a mitologia da cidade — Camões, Bocage, Pessoa e Almada.

Aqui podemos reconhecer uma figura do universo de Almada, com o próprio Almada desmultiplicado em quatro arlequins, aludindo por um lado às variadas facetas artísticas em que se desdobrou ou às personagens que o próprio nunca se inibiu de vestir. A sucessão de arlequins cria um ritmo à leitura da mesma, o qual é sublinhado pela verticalidade das figuras e pelo jogo de traços a marcador ora mais ténues, ora mais carregados e grossos. Os diferentes intervalos entre as figuras concorrem para o mesmo efeito e as distintas posições em que são retratados traduzem uma noção de desmultiplicação do olhar sobre o motivo.

1 Proposta   

O arlequim é, sem dúvida, a figura ou a personagem que de imediato nos remete para a festa, animação e espectáculo. Aliado a si está sempre a música, o humor e a cor (nos seus retalhos multicoloridos, em forma de losango).

O desafio da semana passa por:

- Selecionar uma música. A escolha pode ser de acordo com a sua preferência (a sua música preferida) ou aleatória em função da estação de rádio que sintonize no momento;

- Colocar uma folha de papel colorido à sua frente e deixar-se levar pela música. Risque e rabisque. Desenhe!

1 Objeto do quotidiano de CASA  

Rádio / aparelho de som.

Contacto para envio de trabalhos

Partilhe a sua produção connosco, referindo a música que serviu de ponto de partida e o seu processo de escolha, através do seguinte endereço eletrónico: servicoeducativoCAS@mun-sines.pt.