Passar para o Conteúdo Principal

Cerimónias fúnebres com mais limitações

Modelo de 980mmx512mm azul 1 980 2500
25 de Março de 2020

A Câmara Municipal de Sines publicou ontem, no seu edital 23-2020, um conjunto de medidas relativas a cerimónias fúnebres, no âmbito da contenção do surto do novo coronavírus (Covid-19).

As medidas surgem na sequência da declaração de estado de emergência, que remete para as autarquias locais a adoção de medidas que garantam a inexistência de aglomerados de pessoas e o controlo de distâncias de segurança na realização de funerais.

Com efeito, passam a poder permanecer nas salas de velório apenas familiares diretos do falecido, que devem guardar entre si uma distância mínima de dois metros.

A apresentação de condolências dentro da salas deverá realizar-se de forma ordenada, entrando apenas uma pessoa de cada vez, evitando contacto físico e permanecendo apenas pelo tempo necessário no interior.

Ficam proibidas a deposição de flores no interior das salas de velório e a utilização de aparelhos de ar condicionado e aquecedores.

O novo horário de funcionamento das salas de velório é entre as 9h00 e as 20h00.

Devem também ser evitadas as visitas aos cemitérios, não sendo permitidas aglomerações de pessoas, devendo estas guardar uma distância mínima de dois metros entre si.

Na realização de cerimónias fúnebres, a entrada do cemitério é reservada aos familiares diretos, que deverão também guardar uma distância mínima de dois metros entre si.

Às agências funerárias apela-se que adotem os comportamentos preventivos recomendados pelas autoridades de saúde e as melhores práticas sugeridas pela Associação Nacional de Empresas Lutuosas.

Informação completa no edital 23-2020.