Passar para o Conteúdo Principal

Missão europeia em Sines para conhecer proteção civil

980pcivil 1 980 2500
26 de Setembro de 2019

No âmbito do programa Peer Review Portugal, uma missão composta por técnicos e responsáveis de proteção civil europeus esteve em Sines no dia 25 de setembro para conhecer a estrutura e o modo de funcionamento da proteção civil no concelho.

O principal momento da iniciativa foi um encontro no centro de negócios da aicep Global Parques, onde as entidades locais puderam partilhar experiências e métodos de trabalho e funcionamento, obtendo depois o retorno dos seus pares.

O Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) esteve representado, dando a conhecer as funções que desempenha quando ocorrem acidentes e incidentes graves e o trabalho que tem vindo a desenvolver aos níveis da prevenção e da informação.

Uma das notas mais importantes deixadas pelo SMPC foi a informação de que a revisão do Plano de Emergência Externo de Sines deverá estar concluída até ao final de 2019. Este plano destina-se a melhorar a articulação entre as entidades internas e externas no teatro de operações de um acidente industrial grave. O objetivo final é aumentar o nível de proteção da população e reduzir os efeitos negativos no meio ambiente. Tendo em mente que o risco de um acidente grave com origem nos estabelecimentos de Sines que armazenam substâncias perigosas é elevado, com esta ferramenta pretende-se que as probabilidades de esse acidente ocorrer sejam reduzidas.

Além do SMPC, apresentaram-se aos delegados europeus a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil / Comando Distrital de Operações de Socorro de Setúbal, a aicep Global Parques, o COMSINES - Conselho das Comunidades de Sines, a Administração dos Portos de Sines e do Algarve, a Repsol, a CIMAL - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral e a Agência Portuguesa de Ambiente.

O programa Peer Review, apoiado pela União Europeia, tem como objetivo facilitar a partilha de boas práticas e recomendar melhorias nas políticas e operações de gestão de riscos de desastres / proteção civil de um país.

O grupo de “peers” presente em Sines foi composto por Nicholas Paris, do Chipre, Oliver Nestler, da Alemanha, Vittorio Bosi, de Itália, e por Sofía González, de Espanha, que foram acompanhados por João Almeida da Silva e Gaetano Vivo, representantes da DG ECHO (Direcção-Geral das Operações Europeias de Proteção Civil e Ajuda Humanitária – Comissão Europeia), Charles Baubion, representante da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) e por dois membros da equipa de apoio, Claudia Berchtold e Willem Bloem.

O dia terminou com uma visita ao Porto de Sines e à REN Atlântico.