Passar para o Conteúdo Principal

Sines integra Residências Artísticas nas Escolas em 2019

980residencias 1 980 2500
07 de Dezembro de 2018

Em 2019, pelo segundo ano consecutivo, o Agrupamento de Escolas de Sines, com o apoio do Município de Sines, acolhe o Projeto de Residências Artísticas nas Escolas, promovido pelos ministérios da Cultura e da Educação.

O projeto foi apresentado a 4 de dezembro e tem como principal objetivo aproximar as crianças da cultura. Consiste na presença de artistas de algumas das principais instituições culturais portuguesas nas escolas abrangidas, onde darão aulas e orientarão trabalhos de criação artística.

Em 2019, o projeto realiza-se nos 2.º e 3.º períodos letivos e, à escala nacional, conta com a participação de artistas da Orquestra Sinfónica Portuguesa, do Coro do Teatro Nacional de São Carlos, da Companhia Nacional de Bailado, do Teatro Nacional D. Maria II, do Teatro Nacional de São João, da Casa da Música e da Orquestra Clássica do Sul.

Nesta edição do projeto estão representados 19 municípios, dos quais apenas dois são no Alentejo: Sines e Moura.

A apresentação do projeto teve a presença do vice-presidente da Câmara Municipal de Sines, Fernando Ramos, e da diretora do Agrupamento de Escolas de Sines, Bernardette Almeida. Também esteve presente a subdiretora do Agrupamento, Mariana Martinho.

Para o vice-presidente Fernando Ramos, as residências artísticas contribuem, através da aproximação entre a arte e as escolas, para “amplificar o Humanismo, pedra angular e determinante para construir sociedades que queremos inclusivas e coesas”.