Passar para o Conteúdo Principal

Repsol: Chama alta e fumo negro devido a cortes de energia

Tr nsito e pcivil 1 980 2500

A Repsol Polímeros informou hoje, 25 de setembro de 2017, a Câmara Municipal de Sines sobre a ocorrência de cortes no fornecimento de energia elétrica ao complexo da Repsol Polímeros, com efeitos no seu funcionamento.

De acordo com a informação da empresa, o primeiro corte ocorreu a 24 de setembro, às 22h15, causando a paragem da fábrica de PEAD.

O segundo corte, às 6h15 de 25 de setembro, causou novamente a paragem da fábrica de PEAD (que tinha entretanto arrancado) e do steam-cracker.

Esta última situação originou “chama alta no facho acompanhada de fumo negro”.

A Repsol Polímeros garante que "todas as fábricas pararam em condições de segurança, tendo todos os sistemas, conforme previsto, atuando em perfeitas condições".

Estão a decorrer operações de rearranque das unidades, pelo que "é previsível a ocorrência de episódios de chama alta durante o dia de hoje".